Pacotes de Pesca - Missão Pesca
+55 (11) 99700-3474
Missão Pesca - Agência de Viagens | Eduardo Lacerda

Pacotes de Pesca – Como fazer a melhor escolha?

pacotes de pesca de tucunaré-açu da pesca na Amazônia

Foto 1 – Tucunaré Açú

Entre um e-mail e outro, no trabalho, seus olhos passam pelo celular e você curte mais uma foto de pesca no Instagram. Ela desperta o velho sonho de realizar uma bela viagem em busca dos peixes ou então de conhecer um novo destino. Mas qual o melhor pacote de pesca para você?

Em quase dez anos como repórter do programa Terra da Gente, conheci operações de pesca em todas as regiões brasileiras e em mais oito países.

Nessas viagens, percebi que para cada peixe, tudo é diferente. Técnica, clima, natureza… cada espécie traz uma realidade única.

Neste post, trago elementos que te ajudam compreender qual é a sua pesca perfeita e qual o pacote ideal para seus objetivos.

viagem com pacotes de pesca

Foto 2 – Rio Trombetas

A pesca vai muito além do peixe

Para aproveitar bem um momento único como este é preciso ser sincero consigo mesmo e compreender o que você espera de uma viagem assim. Por exemplo, entre as possibilidades abaixo, qual a que mais te representa na busca pelos peixes?

  •  Quero testar minhas técnicas e conseguir um troféu.
  • Espero ter conforto e relaxar num ambiente agradável.
  • Desejo estar com amigos e me divertir.
  • Almejo uma aventura em lugares únicos.
  • Quero um momento especial com meu pai, meu filho, minha esposa…

Percebe como o peixe é o condutor da história, mas os objetivos são diferentes?

Essas alternativas podem estar combinadas entre si e ainda devemos somar isso ao tipo de peixe que você deseja.

viagem com pacotes de pesca

Foto 3 – Experiências de Vida (Foto Ricardo Custódio)

pacotes de pesca de dourado na argentina

Foto 4 – Dourado na Argentina

Personalidade da Pesca

O estilo de pesca de cada peixe ajuda a encontrar a viagem que melhor preenche suas expectativas.

A pesca do tucunaré, por exemplo, que exige muita navegação, arremessos constantes e até a exploração de lagos escondidos, combina muito com aventura.

A busca por peixes de couro tem uma união interessante entre a tranquilidade da espera e a emoção bruta da fisgada.

Os dourados, na Argentina, são a pescaria perfeita para quem quer esquecer os problemas. A lancha é um espaço intocável de alegria e boas conversas, sem a preocupação excessiva com a técnica. Tudo isso premiado com um grande troféu.

São incontáveis possibilidades. Pense sobre isso. Além de sua admiração pelo peixe, busque compreender por que alguns tipos de pesca te encantam.

Tipos de acomodação nos pacotes de viagem de pesca

Existem basicamente quatro tipos de acomodações em pacotes de pesca: barcos-hotéis, pousadas, acampamentos e cabanas-flutuantes.

Todos eles têm vantagens que merecem sua análise.

Barco-hotel

O barco-hotel tem a possibilidade de percorrer grandes áreas, criando mais chances de encontrar os melhores locais. Lembre-se de que a ação dos peixes é dinâmica. De uma semana para outra os cardumes podem migrar por dezenas de quilômetros e isso vai exigir deslocamento de toda a estrutura de pesca.

As condições do rio também podem ser diferentes em cada ponto de pesca. O nível do rio ou a temperatura da água, por exemplo, podem ser muito distintas entre locais relativamente próximos. O barco-hotel, então, pode navegar e ir até o local ideal.

Mesmo que o deslocamento não seja uma necessidade, isso traz uma dinâmica interessante para a viagem porque pescamos cada dia em um novo lugar. No rio Negro, na Amazônia, por exemplo, podemos percorrer até 800 km em uma semana.

Esse tipo de acomodação está restrito a rios maiores e sem cachoeiras.

pacotes de pesca com barco hotel

Foto 5 – Barco-Hotel

pacotes de pesca com pousada na selva

Foto 6 – Pousada na Selva

Pousada de pesca

Nas pousadas, a maior vantagem é o conforto. Os quartos e banheiros são grandes, o restaurante é espaçoso, não há escadas internas e é comum encontrar pousadas com piscina. Se o pescador é alto, grande, ele vai se sentir muito melhor ao se instalar numa pousada. Também não há barulho de gerador.

Pousadas também costumam ter valores mais competitivos que os barcos-hotéis. Para a pesca do tucunarés-açu, por exemplo, as operações com valores mais acessíveis estão em pousadas do Rio Juma, como a Pousada Sol do Amanhã.

A pescaria vai acontecer na área ao redor da pousada. Normalmente os pescadores navegam por até uma hora, se afastando da pousada, e depois voltam lentamente explorando o ambiente. Isso permite pescar por um trecho de aproximadamente 80 km de rio e ainda entrar em todas as lagoas que estiverem nesta área.

Acampamentos de pesca

Os acampamentos de pesca também são uma opção interessante. Porém, elas exigem espírito mais aventureiro. O conforto é limitado ao essencial. Esse tipo de acomodação vale muito a pena em locais de acesso difícil.

O grupo chega com barcos pequenos, que podem navegar com o rio bem seco e alcançam áreas remotas. Poucas operações se dispõem a ir até esses lugares. Então, com menos concorrência, as chances de uma boa pesca são maiores.

Há ainda acampamentos que funcionam em áreas que são acessíveis por muitas operações. Mas quando chega o auge da época seca, apenas os pescadores dos acampamentos conseguem ter acesso e podem explorar tudo praticamente sozinhos. 

pacotes de pesca no acampamento xingu

Foto 7 – Acampamento Xingu

pacotes de pesca com cabanas flutuantes

Foto 8 – Cabanas Flutuantes

Cabanas flutuantes

Esse tipo de acomodação é bem curioso. Cada cabana, para duas pessoas, é montada em uma base flutuante. Várias delas são rebocadas por um barco leve, como um pequeno trem aquático, que pode navegar mesmo que a água esteja na altura dos joelhos.

Esse tipo de estrutura não é tão comum, mas é muito interessante e cria excelentes possibilidades de pesca, alcançando áreas remotas e até exclusivas.

Tipos de autorização para operações de pesca

Existem operações que oferecem pacotes de pesca esportiva em três tipos de áreas diferentes: áreas abertas, remotas e exclusivas. Mas o que isso significa?

Áreas abertas de Pesca

As áreas abertas são aquelas onde todas as operações legalizadas de pesca podem trabalhar. A concorrência torna os preços mais acessíveis e temos mais movimento.

Nesta hora, faz toda a diferença contratar uma operação com um histórico de qualidade. Eles não vão medir esforços para encontrar os locais onde os peixes estão ativos.

pacotes de pesca no rio padaueri

Foto 9 – Rio Padaueri – Área Aberta

pacotes de pesca no rio araca

Foto 10 – Área remota do Rio Aracá

Áreas Remotas de Pesca

As áreas remotas também estão acessíveis a todas as operações. Porém, elas estão mais distantes, em locais de difícil acesso. Para que um barco chegue até lá é necessário, no mínimo, gastar mais combustível. Às vezes é preciso transpor cachoeiras e, em alguns casos, os hidroaviões são o único meio de chegar.

Dá trabalho e exige mais investimento. Por isso, menos operadores estão dispostos a alcançar esses locais. Evidentemente, o pescador terá um local mais reservado e com menor pressão.

Um barco que tem apostado nesse tipo de operação é o Pérola Nega, que sobe o rio Aracá, em Barcelos. Para os apaixonados por aventura, essa é uma expedição que, nos meses de agosto e setembro, leva os pescadores até a Cachoeira do Aracá, a maior do Brasil.

Também existem pousadas construídas em locais remotos. É o Caso da Pousada Itapará, em Roraima, que possui instalações de primeira qualidade. Para se ter uma ideia da dificuldade de acesso, o percurso de barco até a pousada leva uma semana. Por isso, todos os passageiros chegam de avião, em uma pista asfaltada, no meio da floresta.

Áreas Exclusivas de Pesca

Nas áreas exclusivas de pesca, apenas um operador tem direito de trabalhar. Normalmente isso acontece em terras indígenas ou áreas de proteção ambiental. Para conseguir a autorização, é preciso ter a aprovação de órgãos do governo e também das comunidades ribeirinhas ou indígenas.

Normalmente existe um processo de concorrência para definir quem será o operador. Com a autorização concedida, apenas o vencedor pode levar pescadores até a área.

O resultado disso é que os pacotes de pesca em áreas exclusivas acabam trabalhando com menos pescadores.

Para se ter uma ideia de como a pressão de pesca pode ser pequena nesses locais, veja o exemplo do barco-hotel Kallua II, que opera com exclusividade no Rio Jurubaxi, em Santa Isabel do Rio Negro. A embarcação trabalha com 10 pescadores por semana. São cinco voadeiras que têm 270 quilômetros de rio à disposição. Na prática, apenas um trecho do rio é explorado a cada semana, o restante permanece tranquilo por vários dias até que os barcos voltem a pescar no mesmo lugar.

pacotes de pesca no rio jurubaxi

Foto 11 – Rio Jurubaxi – Exclusivo Foto: Barco Hotel Kalua

Pacotes de pesca: preço

Você digita no Google “pacote de pesca preço” e quase ninguém te passa o valor logo de cara. Sempre querem que você entre em contato. Sabe por quê? Os empreendedores deste setor querem que você perceba o valor que a viagem possui e não o preço dela.

O valor significa toda a aventura que você vai viver, as fotos que você vai tirar, a alegria que você vai ter. Definitivamente, pescar em áreas isoladas com floresta preservada é muito mais gratificante que pescar em um rio perto da cidade ou num pesqueiro.

paisagem da viagem com pacotes de pesca

Foto 12 – Experiência Única  Foto: Brazil Travel Fishing

Manter a operação de pesca à sua disposição em áreas selvagens custa bastante e exige coragem do empreendedor. Se já é um desafio ter uma pousada ou um pequeno hotel dentro de uma cidade, imagine então manter as estruturas turísticas a centenas de quilômetros da cidade mais próxima.

Veja alguns fatores que exigem um investimento mais alto no dia a dia do empreendedor da pesca: 

  • Transporte de suprimentos através de acessos difíceis.
  • Necessidade de material sobressalente para emergências.
  • Combustível em grande quantidade e com preços mais altos que nas cidades.
  • Manutenção naval.

Diante desse cenário, vamos aos valores da sua aventura em um pacote de pesca bastante tradicional: a duração é de uma semana e tem tudo incluso.

Na Amazônia, você vai encontrar operações absolutamente profissionais que variam de aproximadamente R$4mil a R$12mil. Nessa faixa de valores há muitas opções. Mas essas cifras podem ultrapassar os R$30mil para serviços superluxo, normalmente cotados em dólar.

Essa variação de valores depende principalmente de quatro fatores: da dificuldade de acesso, da qualidade das instalações, da excelência de serviço e da possibilidade de pescar em áreas exclusivas.

No Pantanal, as operações podem variar de aproximadamente R$3,6 mil a R$6mil. Lembre-se de que, neste valor, estamos considerando pacotes de uma semana. Mas, nas pousadas do Pantanal, há a liberdade de montar o pacote com menos dias e reduzir o valor.

O que está incluso num pacote de pesca

Os pacotes de pesca no Brasil, e muitos no exterior, desenvolveram um padrão que é oferecido como All Inclusive – em português – “Tudo Incluso”. Para termos uma ideia geral, a lista abaixo mostra o que a maior parte dos locais oferece. No caso de contratação, deve-se pedir o descritivo da viagem onde tudo está detalhado.

cordeiro assado na viagem com pacotes de pesca

Foto 13 – Cordeiro Assado

Pacotes de pesca costumam incluir

  • Quartos duplos ou triplos, com ar condicionado.
  • Banheiro privativo.
  • Serviço de limpeza dos quartos e banheiros.
  • Três refeições e petiscos.
  • Bebidas frias sem limite de consumo (cerveja pilsen – não puro malte, refrigerante e água).
  • Voadeiras ou lanchas com motor de popa para a dupla de pesca.
  • Motor elétrico (quanto necessário).
  • Serviço de piloteiro e guia de pesca.
  • Gasolina para as voadeiras (com limite de consumo).

Geralmente os pacotes de pesca não incluem

  • Material de pesca.
  • Iscas artificiais ou naturais.
  • Custos de viagem para chegar à pousada ou ao barco-hotel.
  • Passagens aéreas.
  • Hotéis fora do local de destino.
  • Seguro viagem.
  • Bebidas quentes (whisky, vodka, etc.).

O pagamento do pacote de pesca

No Brasil, a maioria das operadoras exige que seja dado um sinal de aproximadamente 30% do valor no ato de assinar o contrato. Dessa forma, o pescador reserva a vaga na data desejada. E o restante deve ser quitado da maneira como o cliente preferir, até vinte dias antes da viagem. Normalmente, não há a possibilidade de terminar o pagamento após a pescaria.

Duração da viagem

pacotes de pesca no rio parana

Foto 14 – Entardecer no Rio Paraná

Há duas situações distintas com relação à duração da viagem.

Pousadas, em que podemos chegar e sair com autonomia, permitem que o pescador faça o pacote com quantos dias ele quiser. Pode pescar só um dia, se preferir.

Já em pousadas mais distantes, o pacote tem uma quantidade fixa de dias, normalmente uma semana. Isso é necessário porque o transporte de pescadores avulsos, fora do grupo, fica muito caro.

No caso dos barcos-hotéis, a duração do pacote de pesca também é fixa porque não há como levar e trazer pescadores depois que o barco zarpou. Casos de emergência são exceções, claro.

voo de avião para viagem com pacotes de pesca

Foto 15 – Voo Comercial

Roteiro do pacote de pesca

Para que você se organize, é importante ficar claro como é o processo de chegada e saída do destino de pesca. Isso vai interferir diretamente no seu cálculo de custos e planejamento de viagem.

Os destinos de pesca ficam em locais bem isolados, então é muito comum que você precise chegar um dia antes à cidade mais próxima e só no dia seguinte seguir para o barco-hotel ou pousada. Esse pernoite na cidade e o transfer, normalmente, devem ser pagos à parte.

Vamos pegar o exemplo do pacote de pesca na Pousada Juruena. Ela trabalha em um dos melhores trechos de um dos mais incríveis rios do Brasil, o rio Juruena. 

O aeroporto mais próximo fica na cidade de Alta Floresta – MT. O pescador deve chegar, dormir na cidade e, no dia seguinte, pegar o transfer até a pousada. São seis horas de camionete cabine dupla e mais uma hora de barco. Veja que, na prática, a pescaria começa no terceiro dia de viagem.

No caso da Pousada Juruena, há outra alternativa. Ao chegar no aeroporto de Alta Floresta, o pescador pode pegar um avião pequeno e decolar rumo à pista particular da pousada. O custo é superior, porém o pescador chega no mesmo dia.

Tanto o transfer aéreo como o terrestre devem ser contratados com antecedência.

Transfer aéreo para Barcelos - AM

Esta é uma orientação importante que pode fazer toda a diferença na escolha de um pacote de pesca em Barcelos. Para chegar, a melhor opção é pegar um voo a partir de Manaus. E há muitos pacotes de pesca que já incluem esse traslado aéreo no preço final. Pergunte. Esse voo pode representar mais de 20% do pacote.  

pessoas com avião da viagem com pacotes de pesca

Foto 16 – Grupo de Pesca

Detalhes importantes

Alguns detalhes fazem toda a diferença e ajudam você a se organizar para a viagem.

comunicação por telefone satelital na viagem com pacotes de pesca

Foto 17 – Telefone Satelital

Internet e Comunicação nos pacotes de pesca

Cada vez mais pousadas, mesmo no meio da floresta, têm internet. Normalmente as conexões são lentas e suportam, no máximo, o envio de mensagens e de algumas fotos. Mas é o suficiente para que sua família fique mais tranquila. 

Nos barcos-hotéis, a tecnologia ainda não permite essa facilidade. A comunicação nesses tipos de operação é feita por telefones via satélite. Normalmente é utilizado em emergências ou para dar uma breve mensagem à família. O custo da ligação, de aproximadamente R$ 15 por minuto, é cobrado à parte. 

Limite de bagagem nos aviões pequenos

Essa informação merece atenção. Em muitos casos, o limite de bagagem em aviões pequenos é de apenas 15 quilos por passageiro. Esse peso é a soma de tudo, incluindo sua mala, bagagem de mão e equipamento de pesca. Para não ultrapassar essa quantidade, é preciso se organizar e selecionar o que é realmente essencial.

Observe que nesses aviões pequenos não há cobrança por excesso de bagagem. A questão aqui é a necessidade de respeitar a carga máxima que o avião suporta. Se o peso estiver acima do limite, ele não decola e o excesso será retirado da aeronave para que o voo possa acontecer.

Serviço de lavanderia

O serviço de lavanderia é especialmente importante quando existe o limite de bagagem. Caso a pousada ou o barco-hotel ofereçam a possibilidade de lavar roupas, o pescador pode levar menos peças. Três camisas e duas calças são mais que suficientes para uma semana de pesca.

Seguro viagem

O seguro viagem não está incluso nos pacotes de pesca esportiva. Algumas operadoras oferecem para ser pago à parte, mas ainda assim é preciso ter atenção.

Apesar de estarmos em ambiente de baixo risco, a viagem de pesca pode ser considerada como atividade de aventura por várias seguradoras. Então, cerifique-se de que você estará coberto ao praticar a pesca.

Aluguel de equipamento

Ao se aventurar por um local completamente novo, é interessante experimentar a pesca dos vários tipos de peixes esportivos. Isso enriquece a experiência do pescador. Caso algum desses estilos exija equipamentos muito específicos, como carretilhas e varas pesadas, por exemplo, verifique se a pousada aluga os equipamentos e reserve com antecedência.

vara de pesca para viagem com pacotes de pesca

Foto 18 – Material de Pesca

pacotes de pesca de robalo flexa

Foto 19 – Robalo Flexa

Sai peixe grande?

Existe uma relação direta entre a presença das operações e a eficiência da pesca, principalmente na busca por peixes grandes. Essa questão tem uma explicação bem interessante.

Mesmo com a prática do pesque-e-solte, a grande movimentação de barcos e pescadores faz com que os peixes de maior porte subam o rio para locais mais tranquilos. Esse comportamento consta inclusive em pesquisas científicas

Então, se um local é famoso pela pesca, ele atrai muita gente. A grande procura estimula a abertura de novos empreendimentos. A concorrência faz o preço cair, e mais pescadores aparecem. Com a movimentação excessiva, o peixe grande se afasta e a produtividade diminui.

Mas vamos ser realistas. É claro que a gente precisa adequar nossa aventura de pesca às nossas possibilidades financeiras. E os pesqueiros com preços acessíveis vão permitir que a gente brinque, relaxe, se divirta com amigos e também pegue muitos peixes. Mas, se seu objetivo é buscar troféus, não tenha tanta expectativa com os locais mais econômicos.

Observe que essa explicação considera apenas o pesque-e-solte. Quando as operações locais permitem abater peixes, é claro que será ainda mais difícil encontrar peixes grandes.

Seja parceiro do seu guia de pesca

Durante um pacote de viagem de pesca, a pessoa que mais terá contato com você é o seu guia de pesca. Vocês vão passar pelo menos oito horas por dia com ele. E o guia é a chave para uma boa pescaria. Normalmente eles são atenciosos e ficam satisfeitos ao ver você pegando bons peixes. Eles sabem que só assim terão o reconhecimento.

Então, traga o guia de pesca para a sua pescaria. Peça sugestões de locais, de iscas, de técnicas de pesca e elogie quando as coisas funcionarem. Você sabe pescar, mas o guia é um expert na área. Ele observa pescadores todos os dias e sabe o que funciona.

Eles trabalham duro. Às cinco da manhã, os guias já estão arrumando seu barco, buscando os melhores pontos de pesca. Muitas vezes, fazem o seu almoço, suportam sol e chuva com você e, se preciso, arrastam barcos para chegar às lagoas.

Mantenha um bom relacionamento com eles. E atenção: não ofereça bebida alcoólica ao seu piloteiro. Lembre-se de que sua segurança está nas mãos dele. Além disso, você o coloca em situação complicada junto à administração da operação de pesca.

guia de pesca na viagem com pacotes de pesca

Foto 20 – Parceria com o guia de pesca

Gorjeta para o piloteiro

A gorjeta é uma tradição nos serviços de pesca. Os guias e os funcionários se esforçam para merecer e esperam isso como um reconhecimento pela qualidade do serviço.        

A quantia mais indicada no momento da publicação deste post são R$100 para o piloteiro e R$100 para ser dividido entre os outros funcionários. Cada pescador deve reservar este montante para entregar no final da pescaria.

É claro que esse valor pode mudar de acordo com o atendimento que você recebeu. A gorjeta é uma resposta direta à qualidade do serviço.

dupla na viagem com pacotes de pesca

Foto 21 – Parceria na pesca esportiva

Escolha o parceiro certo

Por último, grande parte do sucesso de sua viagem está na escolha de seu parceiro de pesca. Antes de definir a pousada ou o barco-hotel, para que você curta seu pacote de pesca ao limite, é preciso escolher o parceiro certo.

A questão não é saber se ele é gente boa. Se é seu amigo, é gente boa, isso já está certo. Mas aqui é importante ter um parceiro que compartilhe seus objetivos na pesca. 

Vocês vão passar uma semana dividindo as acomodações do pacote de pesca e também a voadeira. Então, esteja certo que vocês querem o mesmo peixe e tenham estratégias semelhantes.

Viva seu momento

paisagem do rio da viagem com pacotes de pesca

Foto 22 – Momentos únicos

Boas histórias de pesca não são feitas apenas de peixes. Elas envolvem muitos elementos. Entre eles estão as boas amizades, cenários incríveis, determinação, estratégias e o apoio necessário para que você esteja 100% focado em seu momento.

As operadoras que oferecem os pacotes de pesca são especialistas nisso. Elas fazem todo o trabalho de retaguarda, e você fica livre para viver sua pescaria. 

Espero que este post te ajude a escolher seu próximo destino. Fique à vontade para explorar o site Missão Pesca. Aqui, você vai encontrar a pescaria que se encaixa perfeitamente a suas expectativas!

Eduardo Lacerda
Sócio Proprietário – Missão Pesca

Endereço

Av. Benedicto C. Andrade, 1007 - BL 15, AP 122 - Jundiaí - SP, 13212-070

Telefone

+55 (11) 99700-3474