Pescaria Pai e Filho: parceria para a vida - Missão Pesca
+55 (11) 99700-3474
Missão Pesca - Agência de Viagens | Eduardo Lacerda

BLOG

Pescaria Pai e Filho: parceria para a vida

Pescaria Pai e Filho: parceria para a vida

Menino Pesca Tucunaré

Pacote de Pescaria Pai e Filho.

Pensando no prazer da pescaria pai e filho, a Missão Pesca tem um destino especialmente escolhido para atender essas duplas.

O destino é a Represa de Balbina, 180 Km ao norte de Manaus – AM.Peça Orçamento

Por que pescar com seu filho em Balbina?

Balbina apresenta algumas características importantes que a tornam um destino perfeito para a pescaria pai e filho.

Pesca nas Férias de Julho

Balbina é um dos poucos locais perto de Manaus onde a pesca de tucunaré acontece o ano todo. E podemos realizar a viagem no mês de Julho.

Nos outros destinos desta região as temporadas vão de setembro a março, com leves variações de um local para outro.

Boa atividade dos peixes

A represa de Balbina é conhecida por ser um local com  bastante atividade de peixes.  A represa é mais estável que os rios amazônicos e possui menos variação no comportamento dos peixes, por isso há grande probabilidade do pescador ter ação.

Lá você vai pescar o tucunaré  Vazzoleri, Paca,  Aruanã e traíra. Todos atacam as iscas artificiais com voracidade.

 

Area da Piscina

Nível técnico facilitado

Balbina exige um nível técnico adequado a quem se aventura pelas primeiras vezes na busca do tucunaré.

-As áreas de arremesso são limpas, sem galhos, com baixo risco de enrosco ao arremessar.

– Na água, existem estruturas em grande quantidade, isso permite que o peixe se abriguem e ataquem longe da margem, reduzindo a exigência de arremesso preciso.

– Facilidade para uso de molinetes: A baixa exigência de precisão, permite melhor uso do molinete. Esses equipamentos não geram as cabeleiras como as carretilhas, permitindo que a pessoa aproveite a pescaria com menos preocupação e pesque por mais tempo.

– Outra vantagem dos molites é que eles são mais baratos que as carretilhas.

– É crescente o número de pescadores experientes que usam o molite para pesca com iscas artificiais. Um deles é o mestre Fábio Baca.

Bote de pesca

Rotina agradável

Existem excelentes pontos de pesca próximo da pousada. Não é necessário navegar muito tempo para começar a pescar. Isso deixa o dia a dia de pesca menos cansativo.

Na hora do almoço, o momento mais quente do dia, pai e filho podem retornar à pousada para uma refeição agradável e um breve descanso antes da tarde de pesca.

Valores Acessíveis

A localização geográfica de Balbina permite que operações de qualidade ofereçam serviços a valores competitivos. Uma pescaria em Balbina, pode custar a metade do valor de uma pescaria em Barcelos, com um padrão de qualidade e serviços semelhantes.

Criança pescando

O que está incluso na pescaria Pai e Filho?

– Transfer de ida e volta Manaus/Pousada

-5 pernoites em pousada categoria turismo de pesca

-Acomodação em quartos duplos com ar-condicionado e banheiro privativo

-3 refeições diárias

– Água, refrigerante e cerveja

– 4 dias de pesca

– Voadeiras com plataformas para pesca

– Gasolina para todos os dias de pesca

– Coletes salva vidas

– Guia especializado

Reserve Agora

Pescaria pai e filho: Um momento único

A Pescaria pai e filho tem benefícios que vão muito além do grande prazer de ir em busca dos peixes.
Esta é uma atividade que traz vantagens para relacionamento pai e filho, e também para a autoestima dos jovens.

Represa de balbina

Pescaria em Balbina

E este é o objetivo da viagem de pesca da Missão Pesca, em julho de 2022, na represa de Balbina – AM.
O pacote é direcionado para pais com filhos a partir dos 10 anos, incluindo adolescentes e jovens adultos. É pesca de tucunaré na Amazônia! Entre em contato para mais informações clicando aqui, ou no logotipo do Whatsapp presente nesta página.
No final desse post você também encontra mais detalhes da viagem que vamos fazer.

Ilha da Pousada

Uma experiência incrível

Tudo é especial e tem um clima descoberta. A viagem de avião para um destino especial, o contato com novos amigos, a navegação em busca dos peixes e, claro, as conquistas e as fotos.
E pescaria pai e filho é uma atividade que, pessoalmente, eu incentivo muito. O motivo é a próprio resultado da pescaria em meu relacionamento com meu filho, Guilherme. Pescamos juntos desde que ele tinha 3 ou 4 anos. Com a pesca, sempre tivemos longos momentos juntos. Inclusive, tivemos a experiência de viajarmos para a Amazônia quando ele tinha 10 anos.

Tucunare

A Preocupação da Família

A família ficou preocupada quando decidimos ir, mas logo foi possível perceber muitos benefícios daquela aventura.
Em primeiro lugar, todos se tranquilizaram quando perceberam que estaríamos em um lugar seguro.
Nessas viagens, ficamos instalados em pousadas ou barcos-hotéis com todo o conforto e infra-estrutura.
Na pousada onde o grupo se reunirá e julho, por exemplo, há restaurante com todas as refeições, quartos com serviço de hotelaria, ar-condicionado, banheiros privativos e até piscina. Tudo isso compõe o ambiente onde vamos nos instalar.
Nos horários mais quentes do dia, podemos retornar à pousada para almoçar, descansar e retomar a pescaria quanto a temperatura estiver mais amena.

Quarto da Pousada

 

Área de pesca

O cenário é curioso. Estaremos em uma ilha com mata preservada, em uma enorme represa 180 km ao Norte de Manaus, a Represa de Balbina.
Quando houve a inundação, milhares de árvores ficaram na área alagada. E hoje, a quantidade imensa de troncos espalhados por toda a área se tornaram esconderijos para os tucunarés. Mesmo longe das margens é possível encontrar os peixes em qualquer época do ano.
É neste ambiente, que acontecerá nossa pescaria pai e filho. Uma atividade que traz benefícios importantes para este relacionamento.

Lago de Balbina

Muito antes da pescaria

A pescaria exige cumplicidade e objetivos conjuntos. Uma dupla de pesca precisa compartilhar o planejamento de cada detalhe do que vai acontecer. Entre pai e filho, isso ganha aspectos interessantes.
A conversa é estimulada. Os dois passam a ter um assunto que se torna um laço de união. Naturalmente, a dupla passa a estudar o tema e compartilhar informações. As conversas passam a ter um tema que é verdadeiramente um estímulo para os dois e é um bom motivo para o assunto ir além da velha pergunta: – Como foi na escola hoje?
Cuidar de equipamentos, realizar compras juntos, pesquisar na internet, assistir vídeos em conjunto, tudo passa a aproximar a dupla de pescadores.

Pescaria Pai e Filho

 

Prazer Compartilhado

A importância disso é reconhecida por quem estuda o assunto. A psicóloga Priscila Noro, explica que esse tipo de situação é o chamado técnicamente de prazer compartilhado. Este um termo da psicologia fácil da gente compreender e que tem muitos benefícios no relacionamento. Priscila explica que isso é necessário para a saúde emocional, especialmente para os mais novos. E é cada vez mais difícil encontrar atividades que criem estes momentos com intensidade. “As crianças estão muito nas telas, e o prazer da tela é muito solitário – alerta Priscila.

Ela diz que neste tipo de atividade, os dois tiram resultados positivos de algo que vivenciam juntos.
Na pescaria o prazer compartilhado começa já nos preparativos da viagem. E, ao embarcar, a construção de relacionamento se torna ainda mais intensa. A pescaria pai e filho permite que os dois estejam verdadeiramente juntos por um dia inteiro, com um objetivo único. E, numa viagem de pesca, isso se estende por até uma semana.

Bicho preguiça

 

Mais natureza, menos internet!

A pescaria é uma das poucas atividades que estimulam uma pessoa a observar a natureza por horas, ou até mesmo vários dias, sem se sentir entediado.

Cada arremesso é uma aposta e a recompensa pode vir a qualquer momento. O jovem exercita persistência e paciência.
E o contato com a internet, que é de difícil controle hoje em dia, se torna muito reduzido. Ele ficará restrito aos momentos em que a dupla está na pousada, principalmente a noite, quando todos se preparam para dormir, é hora de trocar mensagens com a família e amigos.

A internet na floresta é via satélite. E, como é compartilhada por todos os pescadores da pousada, a velocidade é menor do que estamos acostumados. Ela é suficiente para troca de mensagens e algumas fotos.

Pousada em Balbina

Com que idade levar meu filho para pescar na Amazônia

A pescaria em si não tem idade. A pesca com iscas naturais, na beira de um lago é uma atividade que as crianças aproveitam bem, mesmo na primeira infância.
Porém, a pesca de tucunaré, na Amazônia, é relativamente técnica. É interessante que a criança treine antecipadamente os arremessos com carretilha ou molinete. Eles precisam estar a vontade com os equipamentos. Os pais costumam ficar admirados ao ver como as crianças dominam esses equipamentos rapidamente. Porém, é indicado que elas aprendam antes da viagem.

Pescador arremessa isca

Nível de dificuldade

Especialmente em Balbina, há uma vantagem interessante. Não há galhos ou estruturas expostas que dificultem o arremesso. Quase sempre temos uma área limpa para arremessar.
E por baixo da água, a infinidade de troncos velhos cria muitos esconderijos para os peixes. Por onde a isca vai passando, podem existir tucunarés à espreita. Em comparação com outras regiões, aqui a pesca é mais agradável mesmo para quem está adquirindo experiência.
A utilização de iscas de meia água também pode tornar a pesca ainda mais prazerosa, já que o pescador precisa apenas recolher as iscas e elas vem trabalhando sozinhas.

Permita que seu filho aprenda

A psicóloga Priscila Noro tem uma observação interessante sobre como tornar este momento muito agradável para os filhos. É importante que essa pesca seja encarada como um momento do filho.

O pai deve pescar também, afinal é o prazer compartilhado. Porém, É importante que a sede de pesca do pai fique mais controlada.

Muitas vezes, na falta de experiência, o filho vai precisar de mais tempo para acertar um arremesso, vai fazer cabeleiras, vai enroscar algumas iscas.

É preciso evitar a cobrança excessiva e permitir que ele aprenda com calma!

Em outros momentos, ele vai precisar de ajuda. Muitas vezes, quando meu filho era pequeno, eu assumia a postura de assistente. Trocava iscas, fazia os nós e desfazia as cabeleiras. E o resultado é incrível. Hoje a pesca é verdadeiramente um ponto de união entre nós.
Esse é o começo de uma parceria de pesca que vai durar toda a vida!

Iscas artificiais

Venha Realizar sua Pescaria Pai e Filho com a Missão Pesca

Em nosso pacote você terá tudo incluso a partir do aeroporto de Manaus. Nosso serviço de transfer irá levar o grupo até o Lago de Balbina. Após o trecho terrestre, todos são levados de barco diretamente até a pousada.

A Pousada

O pequeno hotel de selva é rústico, todo em madeira, e muito confortável. Quartos amplos, com ar-condicionado e banheiros privativos.
Na área externa, temos piscina e restaurante com uma belíssima vista para o lago de Balbina. São servidas três refeições diárias com temperos regionais na medida certa. E os hóspedes têm à disposição água, refrigerante e cerveja.

Café da manhã

A Pesca

Todos os dias, logo após o café da manhã, sua voadeira já estará preparada para a sua pescaria. É só embarcar e seguir rumo aos melhores pontos de pesca de Balbina.
Os peixes que vão atacar suas iscas artificiais em Balbina, são o tucunaré Vazzoleri, paca, aruanã, traíra e piranha.
No horário do almoço, quando previamente avisado, será feito um peixe assado na beira do lago, sob a sombra das árvores.
Nossos barcos têm plataformas para pesca de tucunarés, coletes salva vidas, alicates de contenção e você estará acompanhado pelos melhores guias da região.
Serão quatro dias de pesca e bom atendimento.

Happy Hour

Pescaria pai e filho: Uma grande história

Ao final, todos serão levados novamente ao aeroporto de Manaus com histórias únicas para serem compartilhadas com a família e amigos. E as belas fotos farão sucesso em suas redes sociais.
Entre em contato com a Missão Pesca. Você e seu filho serão muito bem-vindos a nossa viagem especial para quem quer compartilhar a aventura da pesca em família.

 

Eduardo Lacerda

Compartilhe esse artigo

Endereço

Av. Benedicto C. Andrade, 1007 - BL 15, AP 122 - Jundiaí - SP, 13212-070

Telefone

+55 (11) 99700-3474